Pages

Subscribe:

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Integração GLPI e AD (Active Directory)


 
//
Uma das funcionalidades do sistema GLPI é a possibilidade de coletar dados em um controlador de domínios “Active Directory” tanto de usuário como de grupos de usuários. Para que isso seja possível é preciso cadastrar a fonte de dados (O Controlador de domínio) no sistema GLPI.

Acesse o menu de configuração de autenticação do GLPI:

Click em Configurar > Autenticação



Click em Diretório LDAP

Click em um ícone com a imagem do “sinal de soma”





Nome : Pode ser colocado o nome da empresa

Servidor: IP do servidor windows com AD

Filtro de conexão: o que vai ser checado no AD para garantir o acesso ex:
 (&(objectClass=user)(objectCategory=person)(!(userAccountControl:1.2.840.113556.1.4.803:=2)))

Basedn: enderço no formato ldap para o OU que contenha os usuários ex: ou=empresa;dc=empresa;dc=com;dc=br

rootdn: (para conexão não anônima): aqui vamos colocar o endereço do usuário com acesso administrativo para a OU da Basedn ex: usuário_administrador@seu_dominio.com.br

Pass: senha do usuário administrador

Campo de Login : userprincipalname //








terça-feira, 10 de abril de 2012

Cabo STP

O cabo de par trançado blindado (STP) combina as técnicas de blindagem, cancelamento e trançamento de fios. Cada par de fios é envolvido por uma malha metálica. Os dois pares de fios são totalmente envolvidos por uma malha ou folha metálica. Geralmente é um cabo de 150 Ohm. Conforme especificado para utilização nas instalações de rede Token Ring, o STP reduz o ruído elétrico dentro dos cabos como ligação dos pares e diafonia. O STP reduz também ruídos eletrônicos externos dos cabos, por exemplo a interferência eletromagnética (EMI) e interferência da freqüência de rádio (RFI). O cabo de par trançado blindado compartilha muitas das vantagens e desvantagens do cabo de par trançado não blindado (UTP). O STP oferece maior proteção contra todos os tipos de interferência externa, mas é mais caro e difícil de instalar do que o UTP.


Um novo híbrido do UTP como o STP tradicional é o Screened UTP (ScTP), também conhecido como Foil Twisted Pair (FTP). O ScTP é basicamente o UTP envolvido em uma blindagem de folha ou malha metálica. ScTP, como o UTP, também é um cabo de 100 Ohm. Muitos instaladores e fabricantes de cabos podem utilizar o termo STP para descrever cabeamento ScTP. É importante entender a maioria das referências feitas a STP hoje na verdade referem-se a cabeamento blindado de quatro pares. É altamente improvável que o verdadeiro cabo STP seja usado em um trabalho de instalação de cabos.
Os materiais da blindagem metálica no STP e no ScTP precisam estar aterrados nas duas extremidades. Se o aterramento for feito incorretamente ou se houver qualquer discontinuidade no comprimento inteiro do material blindado, o STP e o ScTP podem se tornar suscetíveis a grandes problemas de ruído. Eles são suscetíveis porque permitem que a blindagem funcione como uma antena captando sinais indesejados. Entretanto, esse efeito atua nas duas direções. A blindagem não só impede que as ondas eletromagnéticas entrantes causem ruído nos fios de dados, mas também minimiza a saída das ondas eletromagnéticas irradiadas. Essas ondas poderiam causar ruídos em outros dispositivos. Os cabos STP e ScTP não podem percorrer distâncias tão longas como outros meios de rede como cabo coaxial ou fibra óptica, sem que o sinal seja repetido. Mais isolamento e blindagem se combinam para aumentar consideravelmente o tamanho, peso e custo do cabo.

Os materiais de blindagem tornam as terminações mais difíceis e suscetíveis a más práticas de instalação. Entretanto, o STP e o ScTP ainda têm seu lugar, especialmente na Europa ou em instalações onde EMI e RFI são intensos próximo ao cabeamento.

Fonte: Material CCNA 

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Instalando OCS inventory + GLPI no Debian lenny 5 + OCS Inventory NG Agents

Pré-Requisitos:

  • Apache
  • PHP5
  • Perl
  • MySQL
Instalando o Perl:

# aptitude  install libcompress-zlib-perl libdbi-perl libdbd-mysql-perl libapache-dbi-perl libnet-ip-perl libsoap-lite-perl

# cpan -i XML::Entities

Instalando o PHP:

# aptitude install libphp-pclzip
# aptitude install php5-gd
# aptitude install apache2 libapache2-mod-php5 php5-cli php5-common php5-cgi mysql-server php5-mysql
# aptitude install build-essential

Instalando o MySQL:
# aptitude install -y mysql-server mysql-client libmysqlclient15-dev
Defina a senha do MySQL:
# mysqladmin -u root password “senha”

Instalando o OCS Inventory NG:


O OCS-NG  é um aplicativo desenvolvido para ajudar o administrador de redes ou administrador de sistemas a manter o controle dos computadores e configurações de software que estão instalados na rede.
O OCS Inventory também é capaz de detectar todos os dispositivos ativos na sua rede, tais como switch, roteador, impressora de rede e dispositivos autônomos. Para cada um, que armazena os endereços IP e MAC e lhe permite classificá-los.
# aptitude install -y libphp-pclzip libxml-simple-perl libdbi-perl libdbd-mysql-perl libapache-dbi-perl libnet-ip-perl libsoap-lite-perl libapache2-mod-perl2
Antes de baixar verifique se esta é a ultima versão do OCS no site.


# wget http://launchpadlibrarian.net/71381405/OCSNG_UNIX_SERVER-2.0.tar.gz
# tar –zxvf OCSNG_UNIX_SERVER-2.0.tar.gz 
# cd OCSNG_UNIX_SERVER-2.0
# sh setup.sh


Do you wish to continue ([y]/n)? y
Which host is running database server [localhost] ?
Do which port is running database server [3306] ?
Where is Apache daemon binary [/usr/sbin/apache2] ?
Where is Apache main configuration file [/etc/apache2/apache2.conf] ?
Which user account is running Apache web server [www-data] ?
Which user group is running Apache web server [www-data] ?
Where is Apache Include configuration directory [/etc/apache2/conf.d] ?
Where is PERL Intrepreter binary [/usr/bin/perl] ?
Do you wish to setup Communication server on this computer ([y]/n) ? y
Where to put Communicarion server log directory [/var/log/ocsinventory-server] ?
Do you wish to continue ([y]/n) ? y
Do you allow Setup renaming Communicarion Server Apache configuration file to ‘z-ocsinventory-server.conf’ ([y]/n) ? y
Do you wish to setup Administration Server (Web Administration COnsole) on this computer ([y]/n) ? y
Do you wish to continue ([y]/n) ? y
Where to copy Administration Server static files for PHP Web Console [/usr/share/ocsinventory-reports] ? Where to create writable/cache directories for deployment packages and IPDiscover [/var/lib/ocsinventory-reports] ?

http://IP_do_Servidor /ocsreports/install.php


Preencha os campos:
Login MySQL: com o usuário que tenha permissão de criar banco de dados (root) .
MySQL password: coloque a senha do usuário.
MySQL HostName: localhost.




Click em enviar.





Usuário: admin
Senha: admin


Instalando o GLPI:


O GLPI é uma solução open-source de gestão de parque de informárica e helpdesk, uma aplicação 100% Web para gerenciar todos os problemas de gestão de parque de informática: gestão de inventário de hardware e software e atendimento aos usuários.
Antes de baixar verifique se esta é a ultima versão do GLPI no site.

# tar -zxvf glpi-0.80.1.tar.gz
# mv glpi /var/www/
# chown -Rf www-data /var/www/glpi

Agora vamos configurar o GLPI:


Escolha o seu idioma.


Leia os termos da licença e clique em Continuar.

Agora clique em Instalar para continuar a instalação. 

Se você chegou ate aqui esta indo tudo bem com a instalação e só clicar em Continuar.

Preencha os campos:
Servidor do MySQL: localhost
Usuario do MySQL: root
Senha do MySQL: *********

Selecione o banco de dados e clique em Continuar.

Clique em Continuar.

Clique em Usar GLPI.


Login: glpi
Senha: glpi


Integrar o GLPI e OCS:




Clique em Configurar depois em Geral.  
Clique em inventário na opção Ativar modo OCS-NG coloque SIM. e depois em ENVIAR.


Clique em MODO OCS-NG.


 Clique em Adicionar.


Preencha os campos:
Nome: OCS
Servidor do OCS-NG: localhost
Nome do banco de dados do OCS-NG: OCSWEB
Usuário do banco de dados do OCS-NG: root
Senha do Usuário do OCS-NG: *******
Ativo: SIM
Clique em ENVIAR.


Clique em Ferramentas, OCS-NG e Importação de novos computadores.



Instalando o OCS Inventory NG Agents:

 

 

OCS Inventory NG Agents no Debian e Ubuntu

 

 

Instalando os módulos necessários para funcionamento do Agent.

# apt-get install make nmap libnet-ssleay-perl libcrypt-ssleay-perl libio-compress-base-perl libio-compress-zlib-perl libio-stringy-perl libmail-box-perl libmail-sendmail-perl libmailtools-perl libmime-types-perl libnet-ip-perl libnet-ssleay-perl libobject-realize-later-perl libproc-daemon-perl libsys-hostname-long-perl libtimedate-perl liburi-perl libuser-identity-perl libwww-perl libxml-namespacesupport-perl libxml-parser-perl libxml-sax-expat-perl libxml-sax-perl libxml-simple-perl po-debconf

 



 Baixando e instalando o  Agen: 

# wget https://launchpadlibrarian.net/91149278/Ocsinventory-Unix-Agent-2.0.4.tar.gz
# tar –zxv Ocsinventory-Unix-Agent-2.0.4.tar.gz
# cd Ocsinventory-Unix-Agent-2.0.4
# perl Makefile.PL Please install Proc::Daemon and Proc::PID::File if you want to use the daemon monde.

 

 # make

 # make install
 Selecione o caminho do diretório do arquivo de configuração


Coloque o IP do servidor OCS:


Coloque o usuário e senha do servidor OCS:



OCS Inventory NG Agents no Fedora


Atualize o fedora;


# yum update

Instalando as dependências;

# yum install ocsinventory-agent 

Baixe o pacote do site conforme a sua distribuição:

# wget "nome do pacote"

Instalado o pacote:
# rpm -i "nome do pacote"

Indicando o caminho do servidor do OCS Inventory:
ocsinventory-agent --server=Ip do servidor

OCS Inventory NG Agents no Mac OS:



Baixe e execute o arquivo  :http://launchpad.net/ocsinventory-unix-agent/stable-2.0/2.0.3/+download/Ocsinventory_Agent_MacOSX_beta4.pkg.zip




Aonde esta "ocsinventory-ng"coloque o IP do servidor OCS.